Categorias
Notícias

IEF autoriza visitas ao Parque do Rio Doce

 

Depois de quase sete meses, o Parque Estadual do Rio Doce (Perd), localizado nos municípios de Marliéria, Dionísio e Timóteo, poderá novamente receber visitantes à partir do próximo dia 30 de setembro. Além da unidade de conservação situação no Vale do Aço, outras 18 administradas pelo IEF em todo o Estado também foram autorizadas a receber turistas. 

Segundo o gerente do parque, Vinícius de Assis Moreira, neste primeiro momento serão liberadas apenas as visitas, sem possibilidade de hospedagem ou mesmo consumo de alimentos no restaurante da unidade, localizado às margens da Lagoa do Bispo. 

Em conversa com o Jornal Diário do Aço, Vinícius salientou que os visitantes deverão ainda seguir as medidas de segurança sanitária, com o uso da máscara e álcool em gel, devendo também levar sua água para consumo próprio. 

Criado em julho de 1944, o Perd é uma das principais áreas de proteção à biodiversidade de Minas Gerais, com a maior área contínua de Mata Atlântica preservada no estado, sendo inclusive por vezes reconhecido como a “Amazônia mineira”. O Parque é um dos três maiores sistemas de lagos que ocorrem no Brasil, juntamente com o Pantanal Matogrossense e o sistema Amazônico.

Sua principal atração é a Lagoa Dom Helvécio, popularmente conhecida por Lagoa do Bispo, que tem 700 hectares de espelho d’água, profundidade de 32 m, 6 km² de área e é a única liberada para o turismo.

Ainda dentro do Perd, os visitantes podem visitar a Trilha do Vinhático. Com pouco mais de 1 Km, os visitantes encontram com bastante frequência os ‘vinháticos’, árvores da família das leguminosas, normalmente de grande porte e madeira avermelhada. Mais ou menos no meio do percurso, mesas e bancos de eucaliptos ajudam aqueles que precisam de um descanso

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *