Categorias
Notícias

Secretário de Turismo e Cultura destaca ações que podem liberar recursos para essas áreas

O secretário de Turismo e Cultura de Minas Gerais, Leônidas Oliveira, disse que que o setor será atendido com uma série de medidas de emergência, visando sobretudo ajudar os profissionais que atuam nos dois segmentos tutorados por sua pasta. A entrevista foi concedida ao jornal O Tempo, onde ele frisou ações que podem garantir cerca de R$ 21,5 milhões para os dois setores
 
Segundo Leônidas, já na próxima semana será lançado um edital, de R$ 2,5 milhões, visando o financiamento de até 1 mil lives (R$ 2,5 mil cada) para artistas de circo, violeiros, artesãos e outros que queiram apresentar seus trabalhos ao público em geral, sem sair de suas casas. 
 
Outra novidade será o uso de espaços do Mineirão ou na Serraria Souza Pinto para a realização de outras 200 lives, mas este projeto ainda está em formatação. Leônidas disse ainda que outros R$ 19 milhões, provenientes do Fundo Estadual de Cultura serão usados em diversas ações. 
 
Outro ponto de destaque da entrevista foi quando o Leônidas frisou o bom relacionamento com o atual ministro do Turismo, Marcelo Alvaro Antônio, que vem sendo solícito em todas as demandas do Estado. Mas, sendo realista, ele acredita que o turismo só poderá voltar a plena carga em 2021.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *