Categorias
Notícias

Secult abre edital para projetos populares

A Secult (Secretaria de Estado de Cultura e Turismo de Minas Gerais) abriu nesta sexta-feira, 18, o Edital Culturas Populares – Premiação Pessoa Física, que vai destinar R$ 590 mil em recursos do FEC (Fundo Estadual de Cultura) que são provenientes de emendas parlamentares impositivas para projetos que dialogam com a rica diversidade cultural do povo mineiro. As inscrições vão até 16 de outubro e podem ser feitas na Plataforma Digital de Fomento e Incentivo à Cultura da Secult.

Elaborado para promover, valorizar e fortalecer as culturas populares de Minas Gerais, o Edital Culturas Populares – Premiação Pessoa Física é destinado a projetos que dialogam com um conjunto rico, heterogêneo e artístico-cultural. Serão contempladas propostas sobre a salvaguarda de saberes tradicionais, preservação da memória e da identidade mineiras, de transmissão e perpetuação dos bens culturais de Minas Gerais entre outros aspectos. O valor total bruto pago aos projetos selecionados é de R$ 25 mil.

Novos formatos

Além de celebrar a cultura mineira em suas diferentes formas, o Edital Culturas Populares – Premiação Pessoa Física vai abrir espaço para propostas em formatos digitais. Os proponentes interessados em abordar trabalhos desenvolvidos em plataformas virtuais poderão inscrever projetos cujas estratégias de execução ou de acesso ao público se deem de forma remota, a fim de evitar aglomerações. Nesse caso, poderão ser utilizadas ferramentas digitais como páginas da internet, aplicativos, celulares, entre outros que possibilitem o acesso remoto.

No entanto, propostas elaboradas em formatos tradicionais também serão contempladas pelo edital. Entre elas estão mostras de cinema, oficinas de artesanato e arte popular, ações e trabalhos que fortalecem as expressões culturais populares contribuindo para sua continuidade, projetos que resgatem práticas populares, atividades ligadas ao setor audiovisual e à memória sobre diferentes aspectos das culturas afro-brasileiras, tradicionais, populares e urbanas entre outras iniciativas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *