Ativo 3

Atividade turística apresenta crescimento em Minas

A atividade turística apresentou um crescimento de 10,1% em Minas, durante o último mês de janeiro. Com esse resultado, o Estado continua na dianteira do setor, seguido do Rio de Janeiro (4,3%), Pernambuco (5,2%), Paraná (2,8%) e Santa Catarina (3,0%) Na comparação entre com janeiro de 2023, o índice de volume de atividades turísticas no Brasil apresentou expansão de 0,5%, a 34ª taxa positiva seguida. Os dados são da Pesquisa Mensal de Serviços, divulgada na sexta-feira, 15, pelo IBGE.

O resultado positivo no turismo foi impulsionado pelo aumento de receita dos ramos de restaurantes, serviços de bufê, locação de automóveis, espetáculos teatrais e musicais e agências de viagens. Em janeiro, o volume de transporte de passageiros no Brasil registrou expansão de 2,9% frente ao mês imediatamente anterior, após registrar quatro taxas negativas seguidas, período em que apontou perda acumulada de 8,0%.

Regionalmente, quatro dos 12 locais pesquisados acompanharam esse movimento de retração das atividades turísticas nacional (-0,8%), entre eles Rio de Janeiro (-5,7%) e Rio Grande do Sul (-6,2%). Em sentido oposto, Ceará (11,9%), Bahia (2,7%), São Paulo (0,3%) e Minas Gerais (1,1%) assinalaram os principais avanços em termos regionais.

Setor de serviços
Já o volume de serviços no Brasil cresceu 0,7% em janeiro frente a dezembro de 2023. Foi o terceiro resultado positivo consecutivo do indicador, período em que acumulou um ganho de 1,9%. O setor de serviços está 13,5% acima do nível de fevereiro de 2020 (pré-pandemia) e 0,7% abaixo de dezembro de 2022 (auge da série histórica).

O avanço do volume de serviços (0,7%), de dezembro e janeiro, foi acompanhado por quatro das cinco atividades investigadas, com destaque para o setor de informação e comunicação (1,5%), os serviços profissionais, administrativos e complementares (1,1%) e transportes (0,7%). Por sua vez, os outros serviços (0,2%) mostraram uma ligeira variação positiva após terem recuado 1,2% em dezembro.