Ativo 3

Obras de pavimentação da LMG-760 são entregues

Depois de quase quatro décadas de uma longa espera, foi inaugurada nesta quinta-feira,17, a pavimentação da LMG-760, ligando o distrito de Cava Grande, em Marliéria ao trevo que dá acesso a São José do Goiabal e a BR 262. O trecho total que foi asfaltado chega a 50 Km e exigiu um investimento de R$ 207 milhões, devendo beneficiar diretamente uma população de mais de 200 mil pessoas.

Somadas, as recuperações funcionais da LMG-760 e da MG-320 vão encurtar o caminho entre o Vale do Aço e a Zona da Mata Mineira, uma vez que vai conectar essas regiões à BR-381 e à BR-262, duas importantes rodovias federais que também serão desafogadas com as melhorias.

A cerimônia de entrega das obras da rodovia foi realizada no entroncamento com a MG-320, em São José do Goiabal e contou com a presença do governador Romeu Zema, do vice-governador Professor Mateus, do secretário de Estado de Infraestrutura, Mobilidade e Parcerias (Seinfra), Pedro Bruno, e de outras autoridades.

“É um prazer estar em São José do Goiabal neste momento tão importante, não só para a região, como para Minas Gerais, já que estamos entregando aqui a maior obra do meu governo. Um investimento de mais de R$ 200 milhões em uma melhoria que vai trazer desenvolvimento, gerar investimentos e empregos em toda a região, já que ela conecta o Vale do Aço à Zona da Mata”, enfatizou o governador.

Turismo

A pavimentação da rodovia vai ampliar a circulação de produtos e serviços entre duas importantes regiões do estado, além de beneficiar diretamente um dos mais importantes patrimônios naturais do Vale do Aço: o Parque Estadual do Rio Doce.

Ao facilitar o acesso aos atrativos naturais da Bacia do Rio Doce, o turismo na região, por sua vez, vai impulsionar a economia local. A estimativa é que ocorra aumento de pelo menos 50% na visitação ao parque que, atualmente, recebe cerca de 15 mil visitantes por ano.

Obra aguardada

As intervenções na LMG-760 eram reivindicadas há cerca de 40 anos pela população local e, agora, vai beneficiar não apenas o turismo, mas toda a cadeia produtiva da região. Antes da conclusão, apenas oito quilômetros eram asfaltados.

Hernane Bittencourt, na foto com o governador Zema

Hernane José Bittencourt é morador de Timóteo e conselheiro do Circuito Mata Atlântica de Minas. Em 1985, ele fundou o movimento “Asfalta MG-760”. Desde então, são 38 anos de luta para que a rodovia fosse pavimentada. “Nesse tempo, vimos quatro assinaturas de ordem de serviço, cinco eventos de início de obra, mas só hoje a via está pronta. E isso se dá por conta de uma boa gestão, que age com responsabilidade e compromisso. É a realização de um sonho”, enfatizou.

MG-320

Nas intervenções que já estão em andamento na MG-320, também na região, a pista de rolamento passará a ter sete metros de largura. Além da faixa mais larga, serão implantados acostamentos com dimensão de 1,5 metro e dispositivos de drenagem redimensionados.

Nos seis quilômetros de obras da MG-320, será realizada a recuperação funcional da pista existente, o que consiste em devolver à rodovia seu estado original, além de pintura da sinalização horizontal, implantação de tachas refletivas no eixo e bordos, além da revisão da sinalização vertical, com colocação de novas placas e o restabelecimento dos dispositivos de drenagem.