Ativo 3

Renova libera R$ 140 mi para pavimentação de estradas turísticas da região

A Fundação Renova garantiu na última semana, a provisão de recursos da ordem de R$ 140 milhões, que permitirão até o final de 2021, a conclusão total das obras de pavimentação de duas importantes estradas turísticas do Colar Metropolitano do Vale do Aço. São elas a MG 760, que liga o distrito de Cava Grande, em Marliéria, à BR 262, passando pelo Parque Estadual do Rio Doce (Perd) e a AMG 900/4030, que dá acesso à sede do município de Marliéria, passando pelo Pico do Jacroá. A informação é do deputado estadual Celinho Sinttrocel, que deu a notícia através da divulgação de um vídeo em suas redes sociais. 

 
De acordo com o parlamentar, o repasse foi aprovado pela Comitê Inter federativo da entidade,  que destinará R$ 128 milhões para as obras da 760 e outros R$ 12 milhões para a AMG900, também conhecida como Estrada Parque Bispo Dom Helvécio. A previsão é que R$ 11 milhões sejam liberados agora no primeiro semestre; R$ 60 milhões no segundo semestre e o valor restante nos primeiros seis meses de 2021, quando as obras seriam inteiramente concluídas.  Segundo Celinho, a previsão é que a Ordem de Serviço (OS) poder ser assinada no final de março.
 
Para o deputado Celinho, a pavimentação dessas rodovias será a tacada definitiva para a valorização do potencial turístico da região, abrindo novas oportunidades de negócios gerando com isso mais postos de trabalho e renda para todos os envolvidos. Corroborando com as palavras do parlamentar, o presidente do CTMAM, Hélio Anício, destacou que, com o asfalto, o acesso de turistas ficará extremamente facilitado em qualquer época do ano, abrindo para os visitantes os maravilhosos atrativos naturais da região, que hoje ficam escondidos por causa das condições de tráfego dessas estradas. “Será um novo tempo para o turismo em nossa região,  com um produto turístico que poderá ser vendido como destino no mundo todo”, comentou.
 
A liberação destes recursos foi fruto de um esforço coletivo junto à Renova. Além do deputado Celinho, participaram do pleito o Governo do Estado e entidades como o Circuito Mata Atlântica de Minas (CTMAM), através de seu presidente, Hélio Anício;  a regional Vale do Aço da Fiemg, representada por seu presidente, Flaviano Gaggiato; a Agência de Desenvolvimento da Região Metropolitana do Vale do Aço (Armva), através de seu diretor-geral, João Luiz Teixeira; o Perd, com o seu gerente-geral, Vinícius Moreira; o colegiado regional de promotorias do Meio Ambiente da região do Vale do Rio Doce, representado pelo promotor Leonardo Castro Maia;  além dos prefeitos de Timóteo, Douglas Willkys; de Dionísio, Nando Francisco Castro; de Jaguaraçu, Juninho de Andrade; de Marliéria, Geraldo Magela Borges; de São José do Goiabal, Beto Gariff Guimarães, além de vereadores das cidades citadas, igrejas e associações de classe das mais variadas representações. 

compartilhe